22 de maio de 2017

Festa do Dia das Mães


O Projeto Futuro e Vida não poderia deixar tão bela data, o dia das Mães, sem uma homenagem!
A festividade teve início com a Santa Missa, seguida de uma apresentação musical elaborada com muito esmero. Houve uma homenagem à Mãe de todas as mães, Maria Santíssima, com uma solene coroação. Depois, foram sorteados vários prêmios, dentre os quais um quadro de Nossa Senhora de Fátima e outro de Nossa Senhora do Bom Conselho.
Para tornar mais viva a comemoração, foi representada uma peça teatral baseada num fato real ocorrido com uma monja, que esquecendo-se de que tudo o que acontece é permitido por Deus e para o nosso próprio bem, abriu as portas da alma para a desolação e o desespero. A infeliz fez ouvidos surdos às inspirações do Anjo da Guarda, virando as costas a Deus e deixando de rezar. Isso foi o começo de uma terrível decadência, cujo termo final foi a entrega de sua alma ao demônio em troca de fama e prestigio.
Entretanto, não há pecador tão miserável que, recorrendo à Mãe de Deus, Ela Se recuse a socorrer. Quando a pobre monja caiu em si e arrependeu-se do que tinha feito, rezou a Maria pedindo forças e afinal conseguiu confessar. Ao ajoelhar-se para cumprir a penitência, percebeu que a imagem de Nossa Senhora lhe sorria e se inclinava para abençoá-la.
Contudo, um fato a inquietava: ao entregar sua alma ao maligno, havia ela assinado um pergaminho com o próprio sangue, e o demônio guardava tal documento em seu poder. Maria Santíssima então se lhe manifestou e comunicou-lhe que iria, Ela mesma, em busca do pergaminho. Por três dias e três noites, os fiéis daquela igreja viram a religiosa rezando diante do altar vazio. No final da terceira noite, Nossa Senhora voltou trazendo nas mãos o pergaminho, que arrancara pessoalmente das garras do maligno, nas profundezas do inferno. Após receber a Sagrada Comunhão, a monja fez a ação de graças diante do altar de sua queridíssima Mãe e ali mesmo entregou sua alma a Deus.
          Com esse fato vemos que nenhum pecado, por pior que seja, é capaz de vencer a poderosa intercessão de Nossa Senhora. Isso nos ensina que devemos saber recorrer a Ela com confiança sem limites...!

          Após a apresentação teatral, foi servido um saboroso lanche, durante o qual todos puderam conviver num ambiente de muita alegria, encerrando assim essa tarde tão abençoada.  
Veja as fotos da festa aqui.

Um comentário:

Anônimo disse...

Salve Maria!!

Que bela festa! Como sempre as senhoras e as meninas se empenharam muito, tenho certeza que fizeram muito bem as almas!